.

.

11 de dezembro de 2018

Prefeito autoriza ampliação do sistema de videomonitoramento que passa a contar com 50 novas câmeras

Desde que foram instaladas em pontos estratégicos da cidade, as 16 câmeras de videomonitoramento da Prefeitura do Paulista passaram a garantir mais segurança à população. Os equipamentos inibem a prática criminosa e as infrações no trânsito, transmitindo imagens em tempo real de diversos bairros para uma central que conta com Guardas Municipais, Agentes de Trânsito e Policiais Militares, o que torna o atendimento às ocorrências mais ágil e eficiente. O êxito desse trabalho fez com que a gestão municipal decidisse ampliar o sistema de videomonitoramento com mais 50 câmeras, que vão ficar espalhadas por diversos bairros, fortalecendo a política de segurança pública no município.

Para oficializar a expansão do sistema de videomonitoramento, o prefeito do Paulista, Junior Matuto, assinou nesta terça-feira (11.12) a Ordem de Serviço de instalação dos novos equipamentos. O evento ocorreu na esquina da Av. F com a Rua 63, em Maranguape II. A expectativa é de que até o final desse mês de dezembro, 20 dessas 50 câmeras estejam instaladas. Em 2019, as outras 30 entram em operação. Para garantir o pleno funcionamento do serviço, a prefeitura vai investir, em média, R$ 140 mil por mês.

Após assinar a OS, o prefeito Junior Matuto revelou que a ampliação do sistema reforça o compromisso da gestão com a política de segurança pública. “Na primeira fase da implantação das câmeras conseguimos zerar os casos assaltos e arrombamento as lojas e agências bancárias do Centro. Essa ação também coibiu as constantes infrações no trânsito nessa área. Apesar disso, muitos moradores e comerciantes dos bairros procuraram a prefeitura para pedir a expansão do serviço. E hoje estamos trazendo essa boa notícia. Em pouco tempo, estaremos monitorando quase todos os bairros. E é bom que se diga que não vamos só focar na questão da segurança, mas também no trânsito, especialmente, quem não respeita a dignidade humana”, frisou. 

A localização das novas câmeras já foi definida seguindo como critério a questão da segurança das pessoas nas ruas e também no trânsito. Bairros como Maranguape I e II, Jardim Paulista, Mirueira, Arthur Lundgren I e II, Janga, Pau Amarelo, Loteamento Conceição e Maria Farinha são apenas alguns exemplos de localidades contempladas nessa fase de ampliação. 

“Estamos levando câmeras para mais pontos importante da cidade, como Maria Faria, que é uma entrada da cidade através do mar; em Jardim Paulista, que possui um comércio forte e movimentado; na Mirueira, que é um setor importante da cidade. São muitos locais. Isso sem falar da Orla do Janga, que será totalmente monitorada para garantir mais tranquilidade às pessoas. Essa é uma ação que chega para somar as 16 câmeras já em funcionamento e ao aplicativo de celular Paulista Conectado, que aproxima o cidadão da gestão municipal, possibilitando que ele também contribua com a questão da segurança pública”, destacou.

Convidado para falar em nome dos moradores, o comerciante Jéferson Ross, 29 anos, disse que a instalação das novas câmeras pode trazer a sensação de segurança que a clientela da hamburgueria dele necessita. “Meu negócio estava indo de vento em poupa quando houve um assassinato aqui perto e todo mundo ficou muito assustado. Desse dia pra cá, as vendas foram caindo, caindo, até o momento que eu tive que fechar. Agora, com a instalação dessa câmera aqui praticamente em frente ao meu ponto, estou pensando em abrir novamente. Quem sabe as pessoas não ficam mais tranqüilas e decidem voltar a comprar”, comentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário