.

.

3 de fevereiro de 2019

Tarde de ensaio da Pitombeira em Olinda tem multidão, infraestrutura e prisões

Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco
Uma verdadeira multidão lotou, no fim da tarde deste domingo (3), as ladeiras do Sítio Histórico de Olinda, onde acontece o último ensaio do tradicional bloco Pitombeira dos Quatro Cantos antes de completar 72 anos de fundação, no próximo dia 17. Em meio à folia que atrai gente de todos os lugares de Pernambuco e de outros estados e que teve também presença de maracatus, segurança e infraestrutura agradaram aos que curtem as prévias carnavalescas. 


"Sempre costumo prestigiar as prévias de Olinda e confesso que este ano está um dos mais bem policiados que já pude conferir. Para onde a gente olha, tem polícia, o que nos traz uma sensação de segurança", revelou o cabeleireiro Jefferson Bacelar, de 27 anos, morador de Casa Amarela, na Zona Norte recifense. 

Embora o policiamento ostensivo estivesse presente nas prévias, episódios de roubos não foram difíceis de presenciar. Nas poucas horas em que passou pela Cidade Alta, a reportagem viu dois roubos: o primeiro foi de um celular e o segundo, de uma gargantilha. No primeiro caso, devido ao grande número de policiais presentes, o suspeito foi apreendido e conduzido à Companhia de Apoio ao Turista de Olinda. Lá, pelo menos cinco suspeitos de assalto aguardavam para serem levados à Delegacia da cidade. 

Outro ponto que chamou a atenção de quem foi curtir as prévias foi o número de banheiros químicos, fruto de muita reivindicação dos foliões em anos anteriores. "Até agora, por onde andei não tive problemas em achar um banheiro químico. Estou achando tudo muito bem organizado", revelou o administrador de empresas Sandro Ribeiro, 48 anos, que veio de Paudalho, no Agreste, brincar com amigos o ensaio da Pitombeira.

Da Folha de Pernambuco 

Nenhum comentário:

Postar um comentário