.

.

8 de abril de 2019

PE abre Taça Brasil sub-17 com 50% de aproveitamento

As duas equipes pernambucanas inscritas na Taça Brasil de Futsal Sub-17 tiveram resultados distintos na estreia da competição. Neste domingo (07), jogando no Ginásio do Centro Esportivo Santos Dumont, o Sport passou fácil pelo Marroia/TO e venceu por 10x2, em confronto válido pelo Grupo B. Já o ABC/Paulista, atual campeão pernambucano da categoria, perdeu por 2x1 para o Escolinha Professor Carlinhos Fraga/PB.


O Sport dominou o Marroia-TO do começo ao final do jogo. A equipe do técnico Vanildo Neto passou boa parte do jogo ocupando a quadra de time adversário, sufocando e forçando o erro. Para se ter ideia do poderío rubro-negro, os visitantes sequer deram um chute a gol com a bola rolando no primeiro tempo.

Pedro Caluete, Thiago Negrão (duas vezes), Marcondes, Diego e Deyvson fizeram para o Sport no primeiro tempo. O Marroia-TO só não saiu da primeira etapa com o placar zerado porque os rubro-negros extrapolaram o limite de cinco faltas, cometendo sete. Wikttor aproveitou os dois tiros livres e marcou para os tocantinenses.

Chegou a segunda etapa e o modo de atuar dos rubro-negros não mudou. A equipe marcou mais quatro gols com Thiago Negão, João Victor, Diego e Deyvson. Para o técnico do Marroia/TO, Estevam Neto, os três dias de viagem até o Recife tiveram fator primordial no placar do confronto. A equipe saiu de Gurupi, no interior do Tocantins, às 8h da quarta-feira (03/04) e chegou ao Recife apenas às 21h da sexta (05/04).

O ABC/Paulista não encontrou vida fácil contra o Escolinha Professor Carlinhos Fraga-PB. Ambos os times proporcionaram um jogo truncado na primeira etapa, sem grandes chances. O camisa 14 Fadinha teve uma boa chance já no último minuto do jogo, mas não abriu o marcador.

O nome do jogo foi o camisa 13 Luan, do time paraibano. O jogador fez dois gols logo no começo da etapa final e obrigou os donos da casa a saírem para o jogo. E, seis minutos depois, Fadinha diminuiu, colocando a equipe de Paulista de volta no jogo.

O gol animou o ABC, que adiantou seus jogadores e passou a jogar na quadra da adversário. As principais chances dos pernambucanos eram com Alisson e Felipe Cabeleira. Teve bola na trave, o goleiro Felipe fez grandes defesas e muitas bolas passaram por cima do gol. Mas, mesmo com a pressão, o time de Paulista não conseguiu empatar. 

"Não tivemos frieza na hora de fazer gol e desperdiçamos as oportunidades. Eles aproveitaram dois vacilos nossos e fizeram, isso muda a dinâmica do jogo. Nós não temos mais gordura para queimar. Temos que vencer todos os jogos a partir de agora", disse o técnico do ABC/Paulista, Adriano César.

TABELA

Os jogos da Taça Brasil voltam nesta segunda-feira (08/04), com a segunda rodada. Confira, abaixo, os confrontos.

ABC/Paulista x São José/SC - 14h

Escolinha do Professor Carlinhos Fraga/PB x COPM/PA - 15h30

Marroia/TO x Limoirense/CE - 17h

Praia Clube/MG x Instituto Filadélfia de Londrina/PR - 18h30

Sport x CADET/RN - 20h

Fonte: Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário