.

.

17 de maio de 2019

Paulista realiza caminhada contra o abuso e a exploração sexual à crianças e adolescentes

No dia 18 de maio é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantojuvenil, e para marcar essa data, uma caminhada percorreu às principais ruas do centro do Paulista. A Caminhada “Faça Bonito” foi realizado pela Secretaria Municipal de Políticas Sociais e Esportes e reuniu diversas entidades que trabalham com jovens na cidade, além de órgãos ligados a gestão municipal e contou com a animação de grupos de percussão.


O coordenador do Instituto Dom Hélder Câmara, Manoel Barbosa da Silva, destaca a importância da realização desta caminhada. “Essa caminhada é de suma importância, porque precisamos alertar à população sobre a prevenção ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. E o nosso objetivo é o de proteger esses jovens, além de conscientizar aos adultos que abusar de crianças e adolescentes é crime, e causa um mal a toda a sociedade”, frisou o coordenador.

De acordo com o secretário de Políticas Sociais e Esportes, Augusto Costa, o apoio da população tem sido crescente. “A cada ano, a nossa caminhada se transforma, aumenta, e isso é sinal que a sociedade está vigilante à questão do abuso e exploração sexual contra a criança e ao adolescente. Hoje é um dia em que Paulista se mobiliza dizendo não, para que nossas crianças no futuro tenham dias melhores sem serem abusadas ou exploradas por quem quer que seja. Paulista está dando o seu recado, mostrando que as crianças estão sendo assistidas, que as crianças estão sendo cuidadas pela gestão municipal”, concluiu.

De acordos com dados informados pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos e divulgados através da Agência Brasil, das denúncias recebidas em 2018, mais de 17 mil foram de violência sexual envolvendo crianças e adolescentes. Destas, 13,4 mil foram de abuso sexual e 3,6 mil de exploração sexual. O abuso abrange violações de cunho sexual com meninos e meninas. Já o termo exploração é usado quando essa prática envolve algum ganho financeiro por parte do autor

Nenhum comentário:

Postar um comentário