.

.

25 de maio de 2019

Paulista vai contar com sistema de policiamento desenvolvido no Japão

Paulista agora vai contar com um sistema de policiamento desenvolvido no Japão. Trata-se do programa “Koban”. Ao todo, 26 agentes de segurança vão participar da iniciativa, sendo 18 Policiais Militares e oito Guardas Municipais. A cerimônia de apresentação desses profissionais aconteceu nesta sexta-feira (24), no Centro Administrativo do município.


“A expectativa da Policia Militar de Pernambuco é a melhor possível. O Koban é um programa que oferece um policiamento de proximidade, de contato direto com a população, tudo com o objetivo de reduzir os índices de violência, homicídios, roubos e furtos, consumo e tráfico de drogas, além da violência contra a mulher. A interação com a população vai ser o diferencial desse projeto”, afirmou o Major Fábio Henrique, subcomandante do 17º BPM.

Para participar do projeto, esses profissionais tiveram que estudar temáticas como os direitos humanos, mediação pacífica de conflitos, mobilização e estruturação comunitária, relações interpessoais, formas de intervenção, além de outras questões associadas a segurança pública. De acordo com a Polícia Militar, a unidade do Koban será instalada em Maranguape I, na praça Emílio Russel.

O secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil do Paulista, Manoel Alencar, informou onde o programa vai atuar. “Daremos prioridade, neste primeiro momento, aos bairros de Maranguape I e Jardim Maranguape. O projeto é mais uma alternativa para garantir a segurança dos cidadãos, não tenho dúvidas de que o policiamento de aproximação vai ser bem aceito”, finalizou o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário