.

.

24 de julho de 2019

Paulista divulga balanço das ocorrências e monta força tarefa para ampliar atuação nas comunidades

A Defesa Civil do Paulista divulgou na manhã desta quarta-feira (24) o balanço das ocorrências contabilizadas nas ultimas 24 horas (entre às 11h desta terça e às 11h de hoje). Ao todo, 70 chamados foram registrados pela população, sendo 40 de reposição de lonas, 20 de vistorias técnicas e 10 para orientações. Destaque para quatro deslizamentos de barreiras considerados de pequena proporção nos bairros de Arthur Lundgren II, Jardim Paulista, Mirueira e Vila Torres Galvão. Não houve vítimas.

E a expectativa da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC) é de que esse temporal continue ao longo do dia. Por isso, para acionar a Defesa Civil do Paulista, a população pode ligar para o fone 153 ou através do aplicativo de celular “Paulista Conectada”. Ambos funcionam 24 horas, nos sete dias da semana.

FORÇA TAREFA – Embora esteja realizando ações pela Operação Inverno nos bairros da cidade, a Prefeitura do Paulista montou nesta quarta-feira (24) uma força tarefa para ampliar o trabalho nas comunidades. O grupo, coordenado pelo chefe de Gabinete do município, Francisco Padilha, estará realizando ações nas áreas de risco e nas localidades com alagamentos.

O trabalho está sendo executado em várias frentes, como limpeza e desobstrução de canais e galerias; remoção de árvores caídas em vias públicas; remoção de lama e entulhos provenientes dos deslizamentos de terra, entre outros. 

A força tarefa conta com servidores das secretarias de Segurança Cidadã e Defesa Civil; Infraestrutura, Serviços Públicos e Meio Ambiente; Desenvolvimento Urbano e Habitação; Mobilidade e Transportes; Políticas Sociais e Esportes; Educação; Saúde; além do Gabinete do Prefeito.

HORÁRIO ALTERADO – As unidades básicas de saúde tiveram o horário de funcionamento alterado por conta das chuvas. Exclusivamente nesta quarta-feira (24), os postos fecham as portas às 15h, ou seja, duas horas antes do normal. Já as unidades e serviços de emergência, como a Prontoclínica Torres Galvão (PTG) e o SAMU estão funcionando com equipes reduzidas.

As 62 escolas da rede permanecem com aulas suspensas nos três turnos por conta do temporal. Ao todo, 19 mil estudantes ficam sem as atividades letivas na cidade. Um cronograma de reposição de aulas será elaborado nos próximos dias. A expectativa é de que as unidades de ensino abram normalmente nesta quinta-feira (25).

Nenhum comentário:

Postar um comentário