.

.

22 de agosto de 2019

Moro autoriza uso da Força Nacional em Paulista

Fonte/Folha de Pernambuco

O Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta (projeto Em Frente Brasil) terá o apoio da Força Nacional de Segurança Pública nas ações de combate ao crime em Pernambuco. O município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, receberá as O Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta (projeto Em Frente Brasil) terá o apoio da Força Nacional de Segurança Pública nas ações de combate ao crime em Pernambuco. O município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, receberá as equipes no Estado. Goiás, Pará, Espírito Santo e Paraná também foram contemplados pelo programa interministerial.


As portarias assinadas pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizando a medida estão publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira (22). Além de Paulista, as equipes de militares atuarão em Ananindeua/PA, Cariacica/ES, Goiânia/GO e São José dos Pinhais/PR. As cinco cidades foram escolhidas em razão dos altos índices de criminalidade.

O anúncio da escolha de Paulista para o programa foi feito em março pelo secretário nacional de Segurança Pública, o general Guilherme Teófilo. Por um período de 120 dias, a contar do dia 30 de agosto e podendo ser prorrogado, os militares da Força Nacional vão apoiar as ações de policiamento ostensivo, preservação da ordem pública e da segurança do cidadão e do patrimônio.


De acordo com a portaria, o contingente de militares a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, cabendo aos estados e municípios dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional.

PUBLICIDAD no Estado. Goiás, Pará, Espírito Santo e Paraná também foram contemplados pelo programa interministerial.

As portarias assinadas pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizando a medida estão publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira (22). Além de Paulista, as equipes de militares atuarão em Ananindeua/PA, Cariacica/ES, Goiânia/GO e São José dos Pinhais/PR. As cinco cidades foram escolhidas em razão dos altos índices de criminalidade.

Leia também:

O anúncio da escolha de Paulista para o programa foi feito em março pelo secretário nacional de Segurança Pública, o general Guilherme Teófilo. Por um período de 120 dias, a contar do dia 30 de agosto e podendo ser prorrogado, os militares da Força Nacional vão apoiar as ações de policiamento ostensivo, preservação da ordem pública e da segurança do cidadão e do patrimônio.


De acordo com a portaria, o contingente de militares a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, cabendo aos estados e municípios dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional.
PUBLICIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário