.

.

19 de agosto de 2019

Surto de Sarampo e a importância de se vacinar

A vacinação é uma das mais importantes formas de se proteger contra doenças. A grande maioria delas precisam ser tomadas, por meio de uma injeção, ainda na infância, pois muitas infecções ocorrem nesta fase da vida. Além disso, em muitos casos a proteção funciona melhor no organismo das crianças, o que não significa dizer que os adultos não precisem se prevenir de doenças através da vacinação. 

A imunização, através da vacina estimula os linfócitos (células de defesa) a produzirem anticorpos, que combatem agentes causadores de determinadas doenças. Quando alguém vacinado entra em contato com o vírus ou bactéria, as células de proteção são fabricadas em grande quantidade para combater a infecção. 

O Sarampo, por exemplo, é uma doença infecciosa causada por um vírus, de grave complexidade que pode ser fatal. A única forma de se prevenir contra o Sarampo é através da vacinação. A transmissão da doença ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. 

Em Pernambuco já existem casos confirmados do sarampo e, por essa razão, o Estado está em alerta. O Programa de imunização de Pernambuco, diante dos casos suspeitos da doença, segue orientando as pessoas sobre a vacinação de crianças a partir do sexto mês, em áreas de que apresentam maior risco de circulação viral. 

No Paulista, a Tríplice Viral - vacina que imuniza contra caxumba, rubéola e sarampo - está disponível nas unidades de saúde da família, sempre das 8h às 17h. O recomendado é que as pessoas de 12 meses a 29 anos tomem duas doses, e dos 30 aos 49 anos apenas uma dose. Todos os profissionais de saúde, independente da idade também devem tomar duas doses da vacina. 

Para se vacinar é preciso comparecer a uma das unidades de saúde da família mais próximo de sua casa, com o cartão de vacinação. Para Sheila Seabra, coordenadora do Programa Nacional de Imunização do Paulista, a vacina é a única forma de não contrair doenças. “A partir do momento em que todo mundo do município toma a consciência da importância de se vacinar a gente consegue ter o controle na prevenção dos casos na cidade. Quando se toma a vacina e há essa prevenção consequentemente os casos deixam de aparecer no município”, ressaltou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário