.

.

17 de setembro de 2019

Programa “Olhar Paulista” volta a beneficiar estudantes da Rede de Ensino do Paulista

O programa “Olhar Paulista”, implantado pela gestão do prefeito Junior Matuto em 2016, beneficiou nesta terça-feira (17), mais 92 alunos da Rede Municipal de Ensino com a entrega de novos óculos. A iniciativa visa aumentar a qualidade de aprendizagem dos alunos entre seis a 12 anos de idade, que possuem déficit visual.

A entrega aconteceu na Escola Municipal Margarida Sampaio, na comunidade do Chega Mais, no Loteamento Conceição. Na ocasião, o prefeito Junior Matuto fez questão de ressaltar a importância do programa para o município.

“O ‘Olhar Paulista’, fruto de uma parceria entre as Secretarias Municipais de Saúde e Educação, Cevipe e Lafepe, foi uma decisão acertada que nós tomamos. Sabemos da dificuldade em manter a atenção das crianças na aula, e muitas vezes, o problema está no déficit de visão. Já atendemos a uma boa parcela de estudantes e ainda esperamos beneficiar muitos outros”, informou Junior Matuto.

A professora, Patrícia Pereira de Andrade, 35 anos, mãe da aluna Ana Beatriz, 11 anos, mostrou grande contentamento ao ver a sua filha recebendo os óculos novinhos. “Foi através do ‘Olhar Paulista’ que pudemos identificar um probleminha na visão da minha filha. Por não ter uma condição financeira tranquila, a doação dos óculos ajuda muito, com certeza veio na hora certa”, afirmou Patrícia.

Desde que foi lançado, o programa realizou mais de duas mil consultas e entregou 1.044 óculos. A secretária de Saúde do município, Fabiana Bernart, explicou como funciona o acompanhamento desses estudantes. 

“Hoje o ‘Olhar Paulista’ cobre toda a Rede Municipal de Ensino do Paulista. Algo em torno de 12 mil estudantes recebem avaliação oftalmológica na própria escola e a partir do momento que detectamos a necessidade de realizar uma consulta, fazemos o devido encaminhamento. Entendemos que a criança que tem esse déficit visual tende a melhorar o seu rendimento de aprendizagem com o auxilio dos óculos”, concluiu Fabiana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário