.

.

3 de outubro de 2019

Entrega voluntária de pássaros mobiliza equipe da Secretaria Executiva de Meio Ambiente do Paulista

Durante uma visita de rotina ao bairro de Maranguape II, a equipe da Secretaria Executiva de Meio Ambiente do Paulista flagrou nesta quinta-feira (03.10) um estabelecimento com diversos pássaros presos em gaiolas penduradas na parede. O fato logo chamou a atenção dos profissionais, pois, a legislação ambiental proíbe a criação irregular de animais da fauna brasileira. Na abordagem, foi constatado que as aves não possuíam registro junto ao Ibama. Diante da situação, o proprietário decidiu fazer a entrega voluntária dos pássaros à equipe do município.


Ao todo, sete aves foram recolhidas. Foram três cravinas, um galo-de-campina, um azulão, um tico-tico e um cambacica (conhecido popularmente por Sibito). Os animais silvestres entregues à equipe da prefeitura foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco, o CETAS Tangara, unidade da CPRH (Agência Estadual de Meio Ambiente), onde os mesmos passarão por reabilitação para que possam ser reintroduzidos na natureza.

ENTENDA – De acordo com o Artigo 24, parágrafo 5 do Decreto nº 6514/08 do Governo Federal, a entrega voluntária não gera notificações e multas ao infrator, encerrando qualquer tipo de processo. A decisão de entregar os animais isentou o proprietário do estabelecimento em Maranguape II qualquer punição. Essa medida, inclusive, é estimulada pela Secretaria Executiva de Meio Ambiente. A população pode fazer a entrega na sede do órgão, que fica na Av. Prefeito Geraldo P. Alves, nº 222, em Maranguape I.

Nenhum comentário:

Postar um comentário