.

.

17 de outubro de 2019

No Paulista, mulheres do Chega Mais recebem ação em alusão ao Outubro Rosa

"Tem mulheres que não querem fazer o exame de mama com o medo do resultado, eu também já tive muito medo, pois minha irmã teve a doença e minha prima faleceu com ela, mas quando pensei nos meus filhos, tomei coragem de me cuidar e hoje eu estou aqui nessa campanha de conscientização para incentivar as mulheres a realizarem a mamografia e caso seja diagnosticado, vamos se tratar e ter forças para vencer essa doença”. Foi com essas palavras que a moradora Maria Solange, de 47 anos, definiu a ação do Outubro Rosa que aconteceu nesta quarta-feira (16), na Unidade de Saúde da família (USF) Chega Mais, no bairro de Pau Amarelo.

Das 8h às 15h, as mulheres puderam fazer zumba, corte de cabelo e escova, artesanato, reflexologia podal, limpeza de pele, manicure, designer de sobrancelha, auriculoterapia, exame preventivo, aplicação de flúor, bazar e orientações sobre o câncer de mama. 

Segundo o gerente da USF, Pedro Petribu, o intuito do evento foi oferecer os serviços e conscientizar as mulheres, pois de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o tumor maligno nas mamas é o segundo tipo de câncer mais comum no Brasil, atrás apenas do de pele. "Esse mês a prefeitura do Paulista está promovendo varias ações do Outubro Rosa para a melhoria e prevenção do exame de mama e a USF Chega Mais é uma das unidades que está fazendo parte da iniciativa”, ressaltou o gerente.

O evento contou com a participação do enfermeiro Jones Oliveira, o qual ministrou a palestra: Cada corpo tem uma história. O cuidado com as mamas faz parte dela. “Em Outubro, essa mobilização acontece para esclarecer e tirar duvida da população sobre o câncer de mama, mas vale ressaltar que não podemos nos apegar só há esse mês e sim levar para todos os meses do ano”, frisou o palestrante.

Assim como Maria Solange, a moradora Jane Souza de 58 anos, também tem histórico da doença na família. “Eu mesmo já tive problema na minha mama e se eu não tivesse ido atrás de um médico com urgência eu tinha perdido minha mama, porque minha tia e minha mãe morreram de câncer, por isso que sempre estou me auto examinando e realizando o exame preventivo”, comentou a moradora.

Vale lembrar que a Secretaria de Saúde do Paulista, através do programa Amigo do Peito percorre os bairros do município realizando mensalmente o exame de mamografia. Para realizar o procedimento as mulheres precisam ter idade acima de 40 anos e estarem cadastradas na Unidade de Saúde da Família do bairro. Também é preciso apresentar um documento de identificação e o cartão SUS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário