.

.

19 de novembro de 2019

Delegacias do Estado terão policiais femininas, destaca Gleide Ângelo

A deputada Delegada Gleide Ângelo (PSB) informou que, por solicitação dela, cada delegacia do Estado passará a contar com, pelo menos, uma policial para atender o público feminino. O anúncio foi feito na Reunião Plenária desta segunda (18), quando ela explicou que a medida visa garantir assistência às mulheres vítimas de violência em municípios onde não há Delegacia da Mulher.

O pedido foi feito por meio da Indicação nº 2388/2019, que já havia sido tema de pronunciamento da parlamentar em setembro. Segundo ela, o fenômeno da subnotificação dos crimes de violência doméstica e familiar é conhecido por todos e tem várias causas. “Muitas vítimas relatam dificuldades em registrar o boletim de ocorrência por temerem passar por constrangimento, não serem compreendidas em suas angústias ou, ainda, não serem levadas a sério e sofrerem preconceitos e julgamentos nas delegacias”, apontou.

A deputada ponderou que essas mulheres afirmam se sentir mais à vontade nos atendimentos feitos por agentes de polícia femininas. “Desta forma, sugerimos que a Polícia Civil promova um programa de qualificação especializado e direcionado às agentes femininas, para que cada delegacia tenha uma policial capacitada para receber essas vítimas”, frisou, informando que essa garantia é prevista na Lei Maria da Penha.

A deputada também ressaltou que o Governo do Estado já começou a oferecer a capacitação em gênero para policiais da Delegacia de Paulista, medida que será ampliada para todos os estabelecimentos de Pernambuco. “Em no máximo dois meses, a Secretaria de Defesa Social iniciará as lotações das policiais”, salientou.

Foto/Roberto Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário