.

.

13 de dezembro de 2019

Junior Matuto e Paulo Câmara entregam obra de requalificação e duplicação da Ponte do Janga e PE-01

A mais importante requalificação viária do Litoral Norte chegou ao fim. Nesta sexta-feira (13), o prefeito do Paulista, Junior Matuto, juntamente com o governador do estado de Pernambuco, Paulo Câmara fizeram a entrega oficial das obras de requalificação e duplicação da Ponte do Janga e da PE-01. 

As obras que já estão beneficiando cerca de 60 mil condutores, que trafegam diariamente pelo local, custaram R$ 17 milhões aos cofres públicos. Este montante é fruto de um convênio entre a gestão municipal e o Governo do Estado. O projeto ainda incluiu sinalização horizontal e vertical, além da iluminação em LED ao longo da rodovia.
“Conheço a PE-01 não é de hoje, já fui morador de Olinda e hoje estou em Paulista. A dificuldade de transitar aqui sempre foi grande, e isso era um problema antigo. Graças a Deus a realidade hoje é outra, muito melhor do que a anterior”, afirmou Everson Botelho.
Tanto a PE-01 quanto a Ponte do Janga foram construídas há mais de 40 anos, época em que Paulista tinha menos de um quarto da população atual. Antes da reforma, a população se queixava de congestionamentos no local.

“Essa obra é muito importante não só para a mobilidade dos moradores do Paulista, como da Região Metropolitana Norte como um todo. Infelizmente, devido a detalhes burocráticos, a obra não foi entregue na data que esperávamos, mas não perdemos a esperança e pudemos mostrar que o compromisso firmado com as pessoas é maior do que qualquer dificuldade enfrentada”, afirmou o prefeito Junior Matuto.
Já o governador Paulo Câmara encerrou dizendo que após a conclusão da obra de requalificação e duplicação da Ponte do Janga e da PE-01, o objetivo é tirar do papel outros projetos que melhorem o ir e vir das pessoas.

“Essa obra se fez realmente necessária. O Brasil passou por um momento de crise e isso dificultou um pouco a entrega no prazo que foi estabelecido inicialmente, mesmo assim não deixa de ser uma enorme conquista. Agora é olhar para frente e continuar trabalhando para tirar do papel projetos que melhores a vida das pessoas”, concluiu Paulo Câmara. 

CICLOFAIXA – Presente ao evento, o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos do Paulista, Pedro Cezar, explicou que a obra não contemplou um espaço dedicado aos ciclistas por questões técnicas. “Remetemos um projeto de implantação de ciclofaixa ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão responsável pela rodovia, mas foi identificado que o espaço destinado aos ciclistas reduziria bastante uma das faixas de rolamento. Em função disso, o projeto foi considerado inviável. Apesar disso, estamos com uma obra em andamento na Av. Beira-mar que vai contemplar uma ciclofaixa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário