.

.

5 de fevereiro de 2020

Preserve o meio ambiente descartando seu lixo eletrônico em ponto de coleta no Janga

Os equipamentos eletrônicos são popularmente conhecidos por possuírem um grande número de metais tóxicos e pesados. O descarte irregular desses materiais pode se tornar um grande vilão para o meio ambiente. Pensando nisso, a Secretaria Executiva de Meio Ambiente do Paulista montou uma campanha de coleta de lixo eletrônico dentro do projeto ‘Viva Orla’, que teve início na última sexta-feira (31), na Orla do Janga, em Paulista.

A campanha tem como objetivo conscientizar e sensibilizar a população quanto ao descarte de eletros e eletrônicos, mostrando as consequências do descarte irregular e ensinando a forma correta para evitar contaminação. Qualquer pessoa pode se encaminhar ao ponto de coleta, localizado na Av. Beira Mar, na Praça das Quatro Torres, para descartar o seu material eletrônico, como pilhas, baterias, celulares, notebooks, etc. No horário das 8h às 12h, até o dia 14 deste mês.

Segundo o coordenador do Núcleo de Sustentabilidade do município, Herbert Andrade, a sociedade vive um tempo em que a tecnologia gira muito rápido e a população acaba se desfazendo muito mais dos materiais eletrônicos. “O descarte correto é bastante importante, pois, são materiais contaminantes e é preciso ter consciência na hora de se desfazer. Quando a gente joga na natureza, seja no solo ou próximo a águas, gera uma contaminação grande e pode afetar os animais e seres humanos”, conscientizou o coordenador.

O vendedor, Ézio Ferrer, foi uns dos primeiros a levar seus equipamentos em desuso ao ponto de coleta da prefeitura e salientou os cuidados com o descarte. “É necessário consciência total das pessoas, porque prejudica a natureza. Ter o cuidado com o descarte é fundamental, já faço o trabalho de separação na minha casa e levo para os locais específicos”, contou.

O lixo eletrônico entregue durante a campanha será encaminhado à instituição CRC-Recife/Reeecicly, que recebe esse tipo de lixo eletrônico de empresas e de órgãos do governo e realiza o processo de reaproveitamento de forma sustentável.


Nenhum comentário:

Postar um comentário