.

.

24 de março de 2020

Com poucas doses da vacina contra a Gripe, Paulista vai priorizar a imunização de idosos acamados e em abrigos

Embora tenha recebido uma segunda remessa de vacina para a campanha contra a Gripe, a Secretaria de Saúde do Paulista identificou que as 3,5 mil doses que chegaram nesta terça-feira (24.03) ainda são insuficientes para retomar a imunização nas unidades de saúde e optou por montar um esquema diferenciado, priorizando a aplicação nos idosos acamados e naqueles que estão em Instituições de Longa Permanência, os conhecidos abrigos. O trabalho de vacinação nesses locais teve início nesta manhã e deve seguir pelos próximos dias.

“Idosos acamados e em abrigos fazem parte de uma parcela da população que tanto necessita do poder público. Foi justamente pensando nisso que decidimos priorizar esse público-alvo. Mas é bom dizer também que não vamos deixar de lado os demais grupos que precisam se proteger. Assim que o município for contemplado com novas remessas de vacina faremos uma ampla divulgação para retomar a campanha em todo município”, destacou o prefeito Junior Matuto, após participar de reunião com a equipe da Secretaria Municipal de Saúde.

Nesta segunda-feira (23.03), primeiro dia de vacinação contra a Gripe, a Secretaria de Saúde do Paulista decidiu suspender temporariamente a campanha por falta de doses. Todas as 16 mil que chegaram ao município foram ministradas em poucas horas. Procurando uma solução, a equipe da prefeitura entrou em contato com os profissionais do PNI Estadual e foi informado que outros municípios também estavam enfrentando a situação porque o Ministério da Saúde só teria enviado um quantitativo pequeno de doses.

A equipe da prefeitura ainda foi informada que as vacinas só vão chegar de forma gradativa. A expectativa é de que o Ministério da Saúde envie as doses em 14 lotes. “Vamos continuar atentos ao envio dessas vacinas porque precisamos continuar imunizando nossa população contra a Gripe, dentro dos critérios definidos pelo Ministério da Saúde. E assim que nosso estoque for reabastecido, vamos montar novas estratégias para facilitar o acesso as doses”, frisou Junior Matuto.

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário