.

.

6 de março de 2020

Paulista realiza ação de enfrentamento à violência para marcar o Dia Internacional da Mulher

Historicamente, o Dia Internacional da Mulher representa o avanço dos direitos femininos em meio à sociedade. Mas, ainda existem muitas barreiras a serem superadas. E pensando nisso, na manhã desta quinta-feira (05.03), uma ação de enfrentamento à violência contra a mulher aconteceu na rodovia PE-15, próximo ao Colégio Fernando Ferrari, no bairro da Vila Torres Galvão. 

Ao som de uma orquestra de frevo e com a presença da Mulher Maravilha, as servidoras da atual gestão municipal distribuíram rosas e panfletos informativos para os condutores que trafegavam pela via. Com o tema: “Pelas que lutaram antes, por nós e por todas as que virão!”, a iniciativa teve como objetivo promover uma reflexão sobre a importância da data e a luta pelo fim da violência de gênero, bem como consolidar os direitos e o respeito às mulheres.

A psicóloga Simone Lira, de 42 anos, estava passando pelo local e comentou sobre a ação. “É totalmente necessário para valorizar as mulheres, acho interessante este tipo de iniciativa para chamar a atenção de toda a população na questão de igualdade de direitos e o cuidado necessário com as mulheres”, disse.

Sempre presente nas ações, a secretária executiva de Políticas para as Mulheres do Paulista, Bianca Pinho Alves, falou sobre a importância de continuar trabalhando o tema, sob a ótica da conscientização. “É necessário ressaltar que todos os dias são feitos para as mulheres. Devemos comemorar as conquistas realizadas no passado e trabalhar para melhorar o nosso futuro. Infelizmente ainda temos muito que fazer para alcançar essa melhoria. E esta iniciativa ajuda a refletir sobre os abusos cometidos contra o gênero, que se tornou uma espécie de epidemia batendo a nossa porta. Precisamos defender e garantir a proteção das mulheres”, argumentou.

A delegada da Mulher do Paulista, Fabiana Leandro, reforçou a necessidade de denunciar atos contra o público feminino. “Esse ato é extremamente importante para incentivar e conscientizar as mulheres a fazerem a denúncia e não deixarem seus direitos serem violados. Temos os mesmo direitos que os homens e não devemos nos calar diante de um quadro de violência”, destacou.


A iniciativa, coordenada pela Secretaria Executiva de Política para as Mulheres, teve apoio das secretarias municipais de Saúde; Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura; Planejamento, Gestão e Controladoria; além do Gabinete do Prefeito.


Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário