.

.

16 de março de 2020

Prefeitura do Paulista anuncia estratégia preventiva ao Coronavírus no município

Apesar de ainda não ter caso confirmado do Coronavírus no município, o prefeito Junior Matuto convocou todos os secretários na manhã desta segunda-feira (16.03) para determinar medidas emergenciais com o intuito de evitar que a doença se alastre na cidade. O Grupo de Trabalho, formado pelo Gabinete do Prefeito e mais oito secretarias – Saúde, Educação, Serviços Públicos, Politicas Sociais, Mobilidade, Segurança Cidadã e Defesa Civil, Assuntos Jurídicos e Desenvolvimento Urbano, estará atuando em caráter permanente, monitorando os casos e determinando ações para evitar o contágio. Em paralelo às ações, a gestão irá manter a população oficialmente informada através das redes sociais e dos demais canais oficiais de comunicação.


Algumas ações já foram determinadas como a liberação da primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas para a próxima sexta-feira (20.03) e suspensão das aulas nas escolas municipais a partir desta terça-feira (17.03), por tempo indeterminado. Para garantir o acesso dos alunos à merenda escolar, a educação municipal vai montar kits para que as famílias possam pegar uma vez por semana o alimento dos filhos matriculados na rede pública de ensino. A gestão recomendará que as escolas particulares também acompanhem esta decisão de suspender as aulas. Os cursos profissionalizantes, como o Qualifica Jovem e os cursos de informática também serão temporariamente interrompidos.

Na saúde, programas como o Mais Visão, de cirurgia de catarata, e as aulas do Saúde em Movimento, de atividades físicas para idosos, serão adiadas. Outra medida importante será a antecipação da vacina H1N1, que facilitará o diagnóstico, descartando este tipo de gripe. Estão suspensas também as férias dos servidores públicos por três meses. Já os servidores acima de 60 anos serão liberados de marcar presença no trabalho, protegendo assim este grupo mais vulnerável à doença.

O prefeito solicitou da secretaria de Assuntos Jurídicos que seja decretado estado de emergência no município com o objetivo de que a gestão possa adquirir equipamentos e materiais de higiene pessoal e proteção para os servidores que atendem aos munícipes, a exemplo dos profissionais em Saúde e de Políticas Sociais.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação não emitirá alvará para eventos na cidade, a exemplo de shows e festas, para evitar aglomeração e possíveis contágios do Covid-19. O prefeito Junior Matuto saiu da reunião com os secretários anunciando que estas medidas são preventivas, mas que vai monitorar a situação no município para aos poucos ir tomando as decisões necessárias.

“Estamos com muita responsabilidade tomando todas estas medidas preventivas para termos o máximo de controle e evitar que a população seja atingida por este vírus. Vamos montar este grupo de trabalho para monitorar e ir aos poucos adequando nossas ações. É importante que a população, em caso de dúvida, se informe através dos nossos comunicados oficiais. Muito cuidado com as Fakes News. Não entre em desespero. Com todo mundo se cuidando e a gestão cuidando do que lhe cabe, tenho fé em Deus que vamos passar por esta crise de forma tranquila. A gente vai manter todos informados, estamos juntos nesta situação,” concluiu o prefeito.

Este Grupo de Trabalho formado nesta segunda, também vai debater e construir o Plano de Contingência para preparar a cidade para enfrentar as chuvas do inverno que se aproxima. 

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário