.

.

29 de abril de 2020

Farmácias serão autorizadas a vender testes rápidos de Covid 19

As farmácias e drogarias de todo o País poderão fazer testes rápidos para detectar o novo coronavírus. Os exames nos estabelecimentos devem ser feitos por um farmacêutico qualificado e apenas durante o período em que for mantida a emergência de saúde pública nacional provocada pela pandemia da Covid-19.

A medida foi autorizada nesta terça-feira (28) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ampliar a rede de testagem e reduzir a demanda por serviços públicos de saúde durante a pandemia. “Com isso, combate-se a aglomeração e se dá mais conforto ao cidadão. É uma medida que, entre outras coisas, visa evitar a procura que já é muito alta pelos serviços de saúde onde se fazem esses testes”, explicou o diretor-presidente substituto da Anvisa, Antonio Barra. Segundo ele, a Agência tem priorizado a análise e o registro de produtos relacionados ao novo coronavírus, principalmente aos pedidos de aprovação de teste rápidos. 

As farmácias e drogarias não serão obrigadas a disponibilizar o teste. Aquelas que aderirem terão que adotar diretrizes e orientações, como aplicar apenas testes regularizados pela Anvisa, garantir o registro e a rastreabilidade dos resultados e delimitar uma área de atendimento diferente entre quem busca os testes rápidos e os demais consumidores de outros serviços na farmácia. 

Durante reunião do colegiado da Anvisa, o diretor substituto da Anvisa, Romison Mota, destacou que a alternativa se soma aos esforços para o combate à pandemia. “Acredito que essa proposta vai ao encontro da política do governo e do Ministério da Saúde da ampliação da testagem. Temos que considerar que estamos em um momento de crise da saúde pública, de pandemia”, considerou. 

A autorização passará a valer a partir da publicação de uma resolução da diretoria colegiada da Anvisa no Diário Oficial da União. Também serão publicadas duas notas técnicas com orientações para os estabelecimentos.

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário