.

.

15 de abril de 2020

Máscaras caseiras: saiba como fazer e utilizar de forma eficaz no combate ao Coronavírus

A procura pela aquisição de máscaras só aumentou por causa da pandemia do novo coronavírus. Por causa disso, o Ministério da Saúde passou a recomendar o uso de máscaras de pano para quando as pessoas realmente precisarem sair de casa. Já que as máscaras cirúrgicas e N95 são de uso das pessoas com Covid-19 confirmada e para profissionais de saúde.

Pesquisas apontam que as máscaras caseiras criam uma barreira física que impede a emissão de gotículas enquanto a pessoa fala, tosse ou simplesmente respira. Assim, a máscara de pano ajuda a reduzir a propagação viral de pessoas assintomáticas e auxilia na proteção de quem está ao seu redor.

Mas para formar uma barreira eficaz contra a emissão de gotículas, é importante que a máscara tenha pelo menos duas camadas de tecido. Segundo o Ministério da Saúde, as máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT, saco de aspirador, cotton, ou outros tecidos, desde que utilizadas e higienizadas corretamente. 

O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e o nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto com elásticos ou fitas atrás das orelhas ou na nuca, sem deixar espaços nas laterais.

O uso das máscaras caseiras é mais uma intervenção a ser adotada junto com as demais medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde como o distanciamento social, a etiqueta respiratória e higienização das mãos visando interromper o ciclo da COVID19. No endereço eletrônico está disponível o passo a passo para se confeccionar uma máscara de tecido: https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/06/Nota-Informativa.pdf

Como usar e higienizar a máscara caseira:

- A máscara de tecido tem efetividade por até 2 horas de uso, devendo ser trocada depois desse período devido à umidade natural produzida pela própria respiração.

1. O uso da máscara caseira é individual.

2. Minimizar os espaços entre o rosto e a máscara.

3. Não fique ajustando a máscara na rua, evite tocar na parte da frente. Pegue sempre pelo laço ou nó da parte traseira. 

4. Lave as mãos com água e sabão, secando-as bem, antes de retirar ou colocar a máscara.

5. Para a limpeza da máscara, faça a imersão da máscara em recipiente com água potável e água sanitária (2,0 a 2,5%) por 30 minutos. Ex.: numa proporção de 10 ml de água sanitária para 500ml de água potável. Após o tempo de imersão, realizar o enxágue em água corrente e lavar com água e sabão. E lavar também as mãos com água e sabão.

6. A máscara deve estar seca para sua reutilização, e utilize o com ferro quente e acondicionar em saco plástico. Aos sinais de desgaste da máscara deve ser inutilizada, e nova máscara deve ser feita.

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário