.

.

13 de abril de 2020

Paulista distribui cestas básicas doadas pela Câmara de Vereadores para os taxistas

“Gostaria de agradecer ao prefeito Junior Matuto e a toda a equipe da prefeitura que conseguiram, neste momento de dificuldade, olhar com sensibilidade para a categoria dos taxistas. Paulista é o primeiro município da Região Metropolitana a tomar a iniciativa de distribuir cestas básicas para nossa categoria, ação importante que vai nos ajudar bastante durante a pandemia do coronavírus”.

Este foi o depoimento de Adelmo Pessoa de Lima, 65 anos, um dos primeiros taxistas a receber a doação das cestas básicas no Paulista. O recurso utilizado pela prefeitura para a compra das cestas básicas é oriundo da Câmara dos Vereadores, que em mais um gesto de apoio a gestão municipal nas ações de combate ao novo Coronavirus, decidiu retornar à conta única do município, um saldo dos recursos do Duodécimo.

Ao todo, R$94.567,36 foram gastos para adquirir mil e cem cestas básicas. A expectativa é de que assim como seu Adelmo, toda a categoria seja contemplada nos próximos dias. A distribuição dos alimentos está sendo coordenada pela equipe da Secretaria Municipal de Mobilidade e Administração das Regionais.

“Conversei com o prefeito Junior Matuto, expliquei a ele a situação da queda no faturamento dos taxistas devido a pandemia do coronavírus, e chegamos ao consenso de distribuir cestas básicas de alimentos para a categoria, o que vai ajudar muito nesse período de turbulência que estamos passando”, explicou Pedro Paulo Torchia, presidente do sindicado dos taxistas do Paulista.

Hoje Paulista possui uma frota de mais de 800 táxis. Outro profissional contemplado já neste primeiro dia de distribuição foi o Paulo Rogério de Barros, 48 anos. “Tudo que venha neste momento para fortalecer o trabalhador é extremamente bem-vindo. Parabenizar a prefeitura e ao presidente do sindicato dos taxistas por terem viabilizado as cestas, sem dúvidas vai nos ajudar muito”, concluiu. 

A próxima categoria contemplada será dos motoristas e cobradores de transporte alternativo.

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário