.

.

15 de abril de 2020

Paulista inicia distribuição de cestas básicas aos profissionais do transporte complementar

“Essa cesta básica vai ajudar muito. Essa questão do Coronavírus está bem complicada. Antes, a gente saia de casa todos os dias, fazia a renda e ainda ganhava um trocado. Hoje, quem está tentando rodar, não consegue fazer nem duas viagens. Está pagando para trabalhar”. Foi com essas palavras que o kombeiro José Inaldo Alves Bezerra, 54 anos, que atua na linha 02 (Cidade Tabajara – Arthur Lundgren I), agradeceu à Prefeitura pela destinação de alimentos aos profissionais do transporte complementar.

A distribuição das cestas básicas faz parte de uma ação coordenada pela Secretaria de Mobilidade e Adm das Regionais. A iniciativa prevê a entrega desses alimentos a mais de 800 motoristas e cobradores que atuam em kombis e vans na cidade. O órgão municipal criou um cronograma de destinação das cestas que teve início nesta quarta (15) e segue até esta quinta-feira (16.04). Nesse primeiro dia, foram contemplados os trabalhadores das linhas 01, 02, 03, 04, 05 e 06. 

O kombeiro Romildo Nascimento da Silva, 46 anos, que atua na linha 01 (Mirueira – Centro), aprovou a ação da prefeitura. “A situação está muito difícil. Não tem passageiro na rua. Não da pra fazer nosso trabalho. Do jeito que está se o carro quebrar nem dinheiro para consertar teremos. Ainda bem que tem essa cesta básica. Ela chega em boa hora. Tenho certeza que todos vão ficar muito satisfeitos”, revelou, após elogiar o trabalho de divulgação da Cooperativa de Transporte Complementar do Paulista junto aos trabalhadores.

O presidente do Sindicato do Transporte Alternativo de Pernambuco, Juarez Marcolino, fez questão de elogiar a sensibilidade da gestão municipal com a entrega desses alimentos. “O prefeito Junior Matuto reconheceu a necessidade dessas pessoas e iniciou hoje a entrega dessas cestas básicas. Infelizmente esse Coronavírus está prejudicando bastante a categoria. Toda a nossa renda caiu muito, assim como de outros profissionais. Então essa ajuda está sendo fundamental. Queremos agradecer ao prefeito e a equipe do secretário por toda logística montada nessa distribuição”, frisou.

O recurso utilizado pela Prefeitura para a compra das cestas básicas é oriundo da Câmara dos Vereadores, que em mais um gesto de apoio a gestão municipal nas ações de combate ao novo Coronavírus, decidiu retornar à conta única do município, um saldo dos recursos do Duodécimo. Ao todo, R$ 94.567,36 foram gastos para adquirir mil e cem cestas básicas.

CONTINUAÇÃO – Vale lembrar que a entrega dos alimentos segue nesta quinta (16). Para pegar as cestas básicas, os profissionais do transporte complementar devem se dirigir à Secretaria de Mobilidade e Adm das Regionais nos horários e dias estabelecidos no cronograma. Será necessário ir com o veículo, onde consta o TP (Termo de Permissão), e na oportunidade apresentar o Alvará. A secretaria fica na Av. Prefeito Geraldo Pinho Alves, nº 222, Maranguape I, no antigo campo de aviação da família Lundgren.

Confira o cronograma:

Quinta-feira (16.04):

Das 10h às 12h – Linhas 07, 08 e 09

Das 14h às 16h – Linhas 10 a 14

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário