.

.

28 de abril de 2020

Prefeitura do Paulista e PM orientam comerciantes da Mirueira a fecharem o que não é essencial

A operação coordenada pela Prefeitura do Paulista e Polícia Militar para fiscalizar o cumprimento das medidas restritivas de combate ao novo coronavírus, nesta terça-feira (28), foi realizada no bairro da Mirueira, orientando os comerciantes a fecharem o que não é essencial.

Na ocasião, proprietários de salão de beleza, lojas de roupa, móveis, produtos eletrônicos e bancas de opostas foram alertados sobre a importância de respeitar a quarentena para que o município consiga vencer de vez a pandemia, como explica Alexandre Gomes, coordenador de operações na Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente do Paulista.

“Seguimos pedindo aos comerciantes que eles atendam ao decreto que determina o fechamento do que não é considerado essencial, já que o isolamento social permanece sendo importante para frear o avanço do vírus. É importante frisar que não está existindo resistência, quando chegamos e pedimos que os comerciantes cumpram as medidas restritivas, eles entendem e colaboram com o nosso trabalho. afirmou

A operação já visitou todos os principais centros comerciais do município. Para denunciar formação de aglomeração, funcionamento de lojas e comércios não essenciais, além da utilização indevida de espaços públicos como praças e parques, a população do Paulista tem três números de telefone à disposição. O 190 da Polícia Militar, o 153 da Guarda Municipal, e o 9.9635-0392 da Diretoria de Controle Urbano (DCU). Todos os contatos estão funcionando em regime de plantão.

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário