.

.

29 de maio de 2020

Fiscalização diária garante Paulista com um dos melhores índices de isolamento social da Região Metropolitana

Mesmo fora do grupo de municípios inseridos na quarentena do Governo do Estado, uma das medidas necessárias para evitar o avanço do contágio pelo novo Coronavirus, Paulista, na Região Metropolitana Norte, vem conseguindo obter números expressivos em relação a taxa de isolamento social, sendo a quarta cidade melhor colocada da RMR e a 10ª de Pernambuco.

Durante a última semana, o município registrou uma taxa de isolamento social que variou de 52% a 48%. Isso graças às ações integradas que são realizadas, diariamente, pelas Secretarias Municipais em parceria com a Policia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Através do esforço conjunto que envolve equipes da Diretoria de Controle Urbano (DCU), Defesa Civil, Guarda Municipal e Procon Paulista, o município tem conseguido realizar o monitoramento dos espaços públicos como praças, parques e praias afim de evitar aglomeração de pessoas. Mesma coisa tem acontecido no comércio, onde são realizadas ações para fechar o que não é essencial e para evitar que a população pague presos abusivos nos produtos.

Ações educativas também estão sendo realizadas, nas feiras e mercados públicos, para orientar as pessoas a se higienizarem constantemente com água e sabão ou álcool em gel e a utilizarem os equipamentos de proteção individual como luvas e máscaras ao saírem de casa.

Para conter o avanço da doença, o município ainda tem feito o uso da tecnologia. Através das câmeras de vídeo monitoramento do Centro Integrado de Segurança (CIS), os Guardas Municipais, Policiais Militares e Agentes de Trânsito fazem o monitoramento de diversos pontos da cidade, como destaca Manoel Alencar, secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil do município.

“Bairros como Maranguape I, Pau Amarelo, Janga, Engenho Maranguape, Jardim Paulista, Paratibe estão sendo monitorados diariamente pela equipe que trabalha no Centro Integrado de Segurança. Quando, através das câmeras, é detectado algo que não vai de encontro as medidas de restrições das autoridades de saúde para conter o avanço da Covid-19, a viatura que estiver mais próxima do local é acionada para tomar as medidas cabíveis. Temos feito também, todos os dias, uma programação de fiscalização em cima das denúncias que nos são repassadas pelo aplicativo ‘Paulista Conectada’, importante aliado da população neste momento”, afirmou Alencar.

Abaixo você confere os dados oficiais da operação que visa fazer valer as medidas restritivas de combate ao novo Coronavírus no Paulista durante a última semana.

Dados oficiais da operação na última semana (de 25 a 29 de maio):

579 pessoas foram abordadas e orientadas a usar os EPIs;

252 estabelecimentos foram visitados;

139 estabelecimentos estavam abertos conforme o decreto

21 estabelecimentos foram fechados amigavelmente;

22 estabelecimentos foram interditados;

63 estabelecimentos estavam fechados;

Quatro proprietários de estabelecimentos foram conduzidos ao Departamento de Polícia (DP).

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário