.

.

10 de maio de 2020

Operação impede realização de feira do troca em Paulista

Uma operação que visa evitar aglomerações e a abertura do comércio considerado não essencial foi realizado no bairro de Paratibe, em Paulista. O alvo da ação foi a chamada “Feira do Troca”, que fica ao lado da feira livre do bairro. O local costuma reunir pessoas que realizam o comércio de itens novos e usados. Para fazer valer o decreto estadual, apenas as barracas voltadas para o ramo de alimentação e rações animais foram permitidas a realizarem suas atividades, e os que não estivessem enquadrados no decreto, tiveram que recolher suas mercadorias.

O farmacêutico Sandro Veiga é frequentador da feira de Paratibe e aprovou a ação realizada. “Rapaz, essa operação já era para ter sido realizada a muito tempo. Domingo passado esse local estava um absurdo. Eu mesmo evitei entrar na feira por conta da aglomeração de pessoas que estavam aqui. Então, para combater esse vírus, o caminho é esse mesmo, o de evitar que essas aglomerações voltem a acontecer”, frisou o farmacêutico.

O tenente Batista, do 17° Batalhão da Polícia Militar ressalta a importância dessa operação. “Essa operação consiste justamente em combater o comércio considerado não essencial, bem como evitar a aglomeração de pessoas neste período de isolamento social, afim de evitar a disseminação da COVID-19”, concluiu o tenente do 17° BPM.

O coordenador de operações da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente do Paulista, Alexandre Gomes, frisa sobre a situação da feira do troca em tempos de pandemia. “Essa feira estava servindo como ponto crítico de aglomeração no bairro de Paratibe. E essa operação veio com o objetivo principal de combater essas aglomerações, contribuindo assim, com o combate a disseminação no novo coronavírus”

A operação foi uma ação conjunta entre o 17° batalhão da PM; Corpo de Bombeiros; Lei Seca; e a Prefeitura do Paulista, através das Secretarias de Mobilidade e Administração das Regionais; e Desenvolvimento, Habitação e Meio Ambiente.

Além das ações educativas na feira do troca, a prefeitura realizou, através da Secretaria de Segurança Cidadã e Defesa Civil, a higienização dos frequentadores da feira livre com Álcool 70% e a entrega de máscaras para os que não tinham o utensílio no local.

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário