.

.

17 de julho de 2020

Moradores elogiam fim de alagamento histórico em rua do Janga

“Mesmo chovendo forte, a rua não alaga mais, está tudo sequinho”, constatou o auxiliar de construção, Lucenildo Ramos, 32 anos, satisfeito com a limpeza e desobstrução no sistema de drenagem da Rua Aureliano Artur Soares Quintas, conhecida como a Rua do Bompreço, no Janga. A ação, realizada pela equipe da sec. executiva de Serviços Público resolveu um problema histórico de obstrução e alagamento, que causava transtornos para os moradores.

Outro morador satisfeito com o escoamento da água após o serviço no sistema de drenagem foi o pescador, Pedro Nascimento, 73 anos. Ele afirmou que na rua existe um problema crônico, mas que nas últimas chuvaradas os moradores do entorno não sofreram com alagamentos. “Está chovendo e não estamos vendo poças de água, isso é uma grande melhoria. Já teve época em que tínhamos que tirar o sapato para sair de casa para trabalhar porque a rua não dava conta do volume de água”, afirmou seu Pedro.

Para que esta satisfação seja permanente, é essencial que os moradores mudem o comportamento e evitem o descarte incorreto do lixo, para não voltar a entupir as galerias, nem as linhas d´água, como afirma o diretor da Limpeza Urbana do município, Murilo Chagas.

“Estamos finalizando o serviço e pedindo a compreensão da população. Quando estávamos fazendo a limpeza nas galerias, reparamos um acúmulo imenso de lixo domiciliar, o que impede o escoamento da água. Então é importante respeitar os dias e horários da coleta de lixo domiciliar e nada de descartar plástico e garrafas nas ruas e galerias”, concluiu Murilo. 

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário