.

.

1 de julho de 2020

Paulista realiza ação integrada para combater dengue e outras arboviroses

Uma ação integrada envolvendo a Secretaria de Saúde e a Secretaria Executiva de Serviços Públicos do Paulista foi realizada, nesta quarta-feira (1º.07), na Rua Itinga, no Engenho Maranguape, para combater o mosquito Aeds Aegypti, causador da dengue, zika, chichikungunya e febre amarela.

Os agentes de combate às endemias atuaram em parceria com os trabalhadores da manutenção da cidade. Enquanto os ACEs checavam as residências, para eliminar focos do mosquito, o outro grupo seguia no trabalho de limpeza/capinação e retirada de entulho de toda a via. A iniciativa contou com o apoio de 15 servidores públicos. O superintendente de Vigilância em Saúde do Paulista, Fábio Diogo, explicou como a ação se desenvolveu.

“Estamos aqui com uma equipe da Vigilância Ambiental para orientar as pessoas sobre as medidas preventivas que evitam a proliferação do mosquito. Nesta área, nós temos uma equipe de cinco agentes que estão refazendo todo o ciclo de atendimento do programa de controle às endemias”, afirmou Fábio coordenou o trabalho e destacou que em alguns casos a equipe estava utilizando larvicida biológico para eliminar os focos do mosquito.

Em paralelo, nove trabalhadores que atuam na manutenção da cidade, com a ajuda de uma roçadeira, fizeram a capinação e a varrição da área. Esta ação integrada deve acontecer em outros locais da cidade, onde houve um crescimento do número de casos de arboviroses. 

O servidor público aposentado, Fernando Lídio, 60 anos, agradeceu a iniciativa e pediu a contribuição dos moradores da rua para combater o Aeds Aegypti. “Ação importante e benéfica para todos nós. Aqui em casa estamos sempre atentos quanto as medidas que nos previnem do mosquito. Água parada aqui em casa não deixamos e é importante que todos fiquem atentos para isso também, porque se um deixa de fazer sua parte, a rua inteira fica vulnerável”, concluiu Fernando.

Por: Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário