.

.

5 de janeiro de 2021

Hemope tem 40% de queda no estoque com a pandemia e pede doações de sangue à população


A Fundação Hemope, vinculada à Secretaria de Saúde do Governo do Estado, classificou ontem como crítico o estoque de bolsas de sangue para todos os tipos. Segundo a instituição, a queda chega a ser de 40% neste período de pandemia. 

Só está dando para atender as urgências e emergências e algumas cirurgias de oncologia. Então a gente está aí fazendo um apelo à população, para quem estiver saudável, em condições de doar, que venha”, pediu a diretora de Hemoterapia, Anna Fausta Cavalcante.

Ela teme que uma nova onda da Covid-19 piore ainda mais a situação dos estoques. “Agora no final [de 2020], a gente teve realmente novamente uma queda nos estoques. Então estamos com a situação bastante crítica para todos os grupos”, conta a diretora.

Para doar sangue, a pessoa deve ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação). Os menores de 18 anos precisam da presença do responsável), bem como levar cópia da identidade. É necessário ter mais de 50 kg, estar alimentado e em boas condições de saúde, além de apresentar um documento original, com foto. Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, que são de três meses para homens e quatro meses para mulheres.

Fonte/ Diário de Pernambuco 

Nenhum comentário:

Postar um comentário