.

.

16 de fevereiro de 2021

Denúncias de violações contra a população idosa cai 38% em 2020


Segundo recente levantamento feito pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), com base no banco de dados do Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI), foi constatada uma queda no número de denúncias de violações contra a população idosa, em Pernambuco. De acordo com o órgão, em todo o ano de 2020, foram recebidas 810 queixas. Em comparação com o mesmo período de 2019, que teve 1.317, a redução foi de 38%. 

Em contra partida a esta queda, houve um aumento do número de denúncias no primeiro mês de 2021 (64) se comparado com o mesmo período de 2020 (60). A partir dos casos recebidos, foram constatadas, em janeiro, 130 violações de direitos, e no ano passado tiveram 99. Já as violências mais identificadas em 2021 foram: negligência, violência financeira, psicológica, física, verbal e abandono. O público mais atingido continua sendo o feminino, as quais são 48 das 64 vítimas, e o ambiente em que mais ocorrem as violações é o intrafamiliar, com 53 casos.

Diante da pandemia, os idosos e idosas estão ainda mais reclusos e é possível que essa diminuição no número de denúncias seja resultado desse isolamento. Por isso, todos nós precisamos estar engajados no combate das violências. Vizinhos, cuidadores, amigos, qualquer um que presencie ou desconfie de algum tipo de violação, precisa denunciar para que as providências sejam tomadas e os culpados punidos”, explica o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Para realizar a denúncia de violações contra pessoas idosas, a população pode entrar em contato com o CIAPPI pelo telefone (81) 3182-7649, das 9h às 16h (horário especial durante a pandemia) ou pelo e-mail ciappi2016@gmail.com.

Foto: Ray Evllyn/SJDH 

Nenhum comentário:

Postar um comentário