.

.

11 de fevereiro de 2021

OAB-PE inicia campanha pelo retorno no atendimento presencial no Judiciário


A OAB Pernambuco inicia, nesta quinta-feira (11), uma campanha de mobilização pelo retorno dos atendimentos presenciais no Judiciário e pela melhoria no acesso da advocacia aos magistrados. A campanha engloba os Judiciários Federal, Estadual e Trabalhista. “É fundamental que sejam restabelecidos, dentro de critérios de segurança que o momento de pandemia nos permite, os atendimentos e as atividades presenciais nas unidades judiciárias, como também estabelecer um melhor acesso da advocacia aos magistrados. Quem precisa da Justiça não pode mais esperar e a sociedade está sofrendo com isso. A paralisação dos atendimentos presenciais, bem como a dificuldade da advocacia em ter acesso à magistratura, têm gerado prejuízos aos jurisdicionados, que já não aguentam sofrer com o ônus causado pelas paralisações nos atendimentos em serviços essenciais”, afirma o presidente da OAB Pernambuco, Bruno Baptista.

Dentro dessa inciativa, a OAB-PE irá abrir diálogo com o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT6) para buscar soluções tanto para o retorno dos atendimentos presenciais, observadas as questões de prevenção ao coronavírus, como também ao atendimento da advocacia pelos magistrados.

Com o trabalho remoto, muitos advogados e advogadas têm levado reclamações à OAB Pernambuco da dificuldade de acessar os magistrados, principalmente para tratar de casos urgentes.

“A campanha acontece após termos recebido, na OAB Pernambuco, muitas queixas da advocacia de não conseguir acesso a magistrados pelos canais virtuais. No caso dos atendimentos presenciais, essa necessidade vem após ter se estabelecido o retorno dos prazos nos processos físicos. Muitas atividades retornaram aos atendimentos presenciais, com os cuidados necessários. Por que não o Judiciário retornar também?”, justifica o presidente da OAB-PE. A campanha estará disponível nas redes sociais oficiais da OAB-PE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário