.

.

18 de fevereiro de 2021

Sicoob isenta taxas do Pix por mais três meses


Para seguir auxiliando seus cooperados e incentivar cada vez mais o uso do Pix, o Sicoob, instituição financeira cooperativa, prorrogou por mais três meses a isenção de tarifas para a utilização da ferramenta de pagamentos. Isso significa que todas as pessoas - sejam PF ou PJ - que quiserem utilizar o Pix para pagar, receber ou transferir dinheiro não pagam absolutamente nenhuma tarifa até 16 de maio. 

Inaugurado em 16 de novembro do ano passado, o Pix já estava gratuito para todos os cooperados do Sicoob durante os três primeiros meses da plataforma. "Nós acreditamos que o propósito principal do Pix no cooperativismo é levar justiça financeira para os quatro cantos do País. Enquanto alguns players do mercado decidiram cobrar tarifas por transações para PJ, nós seguimos firmes com a intenção de popularizar a ferramenta e possibilitar pagamentos totalmente gratuitos para nossos cooperados", destaca Francisco Reposse Junior, diretor executivo Comercial e de Canais do Sicoob. 

Enquanto para Pessoas Físicas e empreendedores individuais as transferências via Pix são gratuitas, o Banco Central autorizou, desde a criação da plataforma, a cobrança de taxas para transações Pessoas Jurídicas. 

"Durante a pandemia do novo coronavírus, notamos que houve uma procura grande por crédito pelos PJs. Não haveria motivo para tarifá-los neste momento de dificuldade. Nosso público é majoritariamente formado por pequenos e médios, que foram amplamente afetados pela crise", explica o executivo. 

O Pix foi desenvolvido pelo Banco Central como um novo método de pagar, transferir e receber dinheiro. Seu funcionamento é simples, rápido e seguro: basta que a pessoa cadastre uma chave em sua instituição financeira e ela já pode realizar as transações, que ocorrem em até 10 segundos, até entre empresas diferentes, 24h por dia, todos os dias do ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário